Bio Ritmo e Smart Fit: da paranoia à metanoia

Como um dos empresários mais bem-sucedidos do Brasil conheceu a Metanoia e transformou seus negócios.

Edgar Corona se orgulha ao dizer que tem, hoje, o maior grupo de academias da América Latina, seja medido por receita, alunos ou unidades. Mas, no começo, existia apenas uma ideia e um forte desejo de concretizá-la. Então, como ele conseguiu?

 

Quando abriu sua primeira unidade, no Brasil, o empresário enfrentou muitas dificuldades. Ao inaugurar a segunda, no Conjunto Nacional, Edgar quis ir além do habitual, disposto a proporcionar uma experiência única para o cliente. Havia percebido que, para fazer diferente, precisava INOVAR, não só em produtos, mas na implantação de uma cultura de atendimento diferenciada para fidelizar seus clientes.

Em 2003, já com nove unidades e enfrentando desafios, Edgar teve seu primeiro e grande day one: METANOIA.

Como ele mesmo diz, “saí da paranoia para a metanoia”, ao desenvolver um novo olhar para o seu negócio, liderança e equipe. Descobriu que uma equipe comprometida constrói resultados excelentes. E, após a elaboração coletiva do significado e propósito do negócio, “a empresa entrou em outro patamar, abrindo novos horizontes”, diz Edgar.

Hoje, além da expansão da Bio Ritmo na América Latina, sua Smart Fit também cresce tanto em unidades como em fidelização de mais de meio milhão de clientes, faturando, em 2014, R$ 420 milhões.

Deixe seu comentário